Home / Atualidades / O cabo Monet da Angola Cables será alocado pela Equinix

O cabo Monet da Angola Cables será alocado pela Equinix

O Cabo submarino, cabo Monet será alocado em Data Center da Equinix no Brasil.

Cabo Monet

A Angola Cables, multinacional angolana de Telecom .

Escolheu a Equinix, empresa global de interconexão e data center, para receber os equipamentos do cabo Monet, que ligará Estados Unidos e Brasil.

 

A Angola Cables, multinacional angolana de Telecom, escolheu a Equinix.

Eempresa global de interconexão e data center, para receber os equipamentos do cabo Monet, que ligará Estados Unidos e Brasil.

A fibra chegará por Fortaleza (CE), será ligada à Praia Grande e, de lá;

Para Santana do Parnaíba, onde ocorrerá a distribuição do tráfego pela América do Sul.

 

O Cabo Monet é submarino de fibra ótica e atravessa o Atlântico

 

O cabo Monet tem a empresa angolana como uma das investidoras;

Contando ainda com o Google, a Antel (Uruguai) e a Algar Telecom (Brasil).

Sua rota será de mais de 10 mil quilômetros e capacidade de comunicação de pelo menos 60 Tbps, em seis pares de fibra;

Sendo dois da Angola Cables.

A construção – financiada pelas quatro empresas que formam o consórcio;

Ficou à cargo da TE Subcom (divisão de cabos submarinos da Tyco Electronics).

O Monet estará conectado aos data centers IBX+ SP3 da Equinix Brasil e aos IBXs+ MI1 e MI3 na Equinix EUA.

Leia também: RNP e Angola Cables agora parceiras em comunicações

Sobre a Angola Cables:

 

A Angola Cables é uma multinacional de telecomunicações, fundada em 2009;

Dedicando-se à comercialização de capacidade em circuitos internacionais de voz e dados por cabos submarinos de fibra óptica.

O mais recente projeto da empresa é a construção de um cabo que irá ligar Angola e Brasil até 2018;

O SACS – South Atlantic Cables System, e o Monet, sistema de cabos que ligará o Brasil aos Estados Unidos.

Segundo Antonio Nunes os três empreendimentos da Angola cables já está em fase quase conclusiva. essa informação foi dada durante o Fórum Futuro, realizado este mês em Angola, pelo Ministério da Ciência e Tecnologia.

Fórum patrocinado pela Angola Cables e que contou com vários convidados de redes de ensino internacionais como a RNP e CLARA.
Além do cabo SACS, a companhia conta ainda com outras duas grandes iniciativas no país;

Que incluem a construção de um Data Center, na Praia do Futuro, em Fortaleza;

E a instalação de um cabo submarino de fibra óptica que ligará Santos à Fortaleza e Miami;

Nos Estados Unidos, via cabo denominado Monet.
Além do cabo SACS, a companhia conta ainda com outras duas grandes iniciativas no país, que incluem a construção de um Data Center, na Praia do Futuro, em Fortaleza, e a instalação de um cabo submarino de fibra óptica que ligará Santos à Fortaleza e Miami, nos Estados Unidos, denominado Monet.

Ao todo, os três empreendimentos em  termos de dinheiro estão orçados em 300 milhões de dólares.

About Paulo Fernandes Maciel

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*