Home / Dicas & Macetes / Aprenda a usar um Amperímetro para diversas finalidades

Aprenda a usar um Amperímetro para diversas finalidades

[box_dark] Introdução[/box_dark]

O objetivo deste texto é explicar, resumidamente, o funcionamentos dos principais instrumentos de medição que necessitamos no primeiro ano de um curso técnico de eletrônica ou até mesmo nas aulas de laboratório de um curso de engenharia elétrica. Este texto também é útil a amantes da eletrônica que estão iniciando montagens de pequenos projetos.

Inicialmente, irei explicar o que é cada instrumento de medição, para que serve e como deve ser utilizado, aproveitarei também para dar dicas em relação aos principais erros cometidos e o que não fazer para manter seus equipamentos e circuitos em perfeito estado de conservação.

No fim, há uma pequena discussão sobre qual a real necessidade de cada um ao adquirir um destes instrumentos de medição.

Analógicos x Digitais

Normalmente, quando falamos de instrumentos de medição, sempre há a menção: “é analógico ou digital”? Normalmente, estamos nos referindo a forma com que a medição – e consequente indicação – é feita.

Os modelos analógicos tem como vantagem uma boa fidelidade de medição, mesmo sob presença de harmônicas e outras interferências no circuito que se deseja medir. Já os digitais possuem a vantagem de uma melhor visualização, principalmente os que utilizam LCD (liquid cristal display) com back light (luz de fundo).

Eletronica: Instrumentação Básica para Eletrônica

Publicado Segunda, janeiro 19 @ 10:22:10 BRT Artigo escrito e enviado por nosso amigo Guilherme Lopes Soledade (xacerola), mostrando e explicando a utilização dos equipamentos básicos necessários para trabalhar com eletrônica.
Se você é iniciante na área, não perca.

 

[box_dark]Introdução[/box_dark]

O objetivo deste texto é explicar, resumidamente, o funcionamentos dos principais instrumentos de medição que necessitamos no primeiro ano de um curso técnico de eletrônica ou até mesmo nas aulas de laboratório de um curso de engenharia elétrica. Este texto também é útil a amantes da eletrônica que estão iniciando montagens de pequenos projetos.

Inicialmente, irei explicar o que é cada instrumento de medição, para que serve e como deve ser utilizado, aproveitarei também para dar dicas em relação aos principais erros cometidos e o que não fazer para manter seus equipamentos e circuitos em perfeito estado de conservação.

No fim, há uma pequena discussão sobre qual a real necessidade de cada um ao adquirir um destes instrumentos de medição.

Analógicos x Digitais

Normalmente, quando falamos de instrumentos de medição, sempre há a menção: “é analógico ou digital”? Normalmente, estamos nos referindo a forma com que a medição – e consequente indicação – é feita.

Os modelos analógicos tem como vantagem uma boa fidelidade de medição, mesmo sob presença de harmônicas e outras interferências no circuito que se deseja medir. Já os digitais possuem a vantagem de uma melhor visualização, principalmente os que utilizam LCD (liquid cristal display) com back light (luz de fundo).

Recomendações Gerais

Antes de fazer suas medições, estude bem tanto o circuito quanto o instrumento que você irá utilizar. Muitas vezes, utilizamos o instrumento certo, porém configurado/parametrizado de forma incorreta e acabamos por danificar tanto o instrumento de medição quanto o circuito a ser medido.

Lembre-se também que uma corrente de cerca de 100mA passando pelo seu corpo é o suficiente para o comprometimento da sua vida. Na dúvida, não faça a medição.

 

[box_dark]Amperímetros[/box_dark]

Para que servem?

Um amperímetro, como o próprio nome sugere, serve para medirmos ampéres, isto é, corrente. Existem amperímetros para medição em corrente contínua (C.C., DC) e para corrente alternada (C.A., AC).

Como devo utilizá-lo?

Um amperímetro sempre deve ser conectado em série ao sistema, como é ilustrado abaixo

.

A resistência interna do amperímetro é extremamente pequena, o que significa que ele não interfere na resistência equivalente do circuito, indicando uma corrente próxima a aquela que realmente existe no circuito. Quando estamos trabalhando em um circuito de corrente alternada, não devemos nos preocupar com a polaridade do amperimetro, isto é, tanto faz qual cabo conectaremos em cada parte do circuito. No entanto, ao trabalharmos em corrente contínua, devemos nos ater ao sentido da corrente. A corrente sempre deve entrar no amperímetro pelo seu polo positivo (+, normalmente indicado pela cor vermelha) e sair pelo seu pólo negativo (-, normalmente indicado pela cor preta).

Dicas

A maioria dos amperímetros possui fusíveis de proteção interna, para o caso da corrente que for passar pelo amperímetro ser maior do que a sua capacidade. Eventualmente, ao utilizarmos o amperimetro de forma incorreta, esses dispositivos de proteção atuarão e terão de ser substituídos. Por isso, mantenha um bom estoque deles em sua bancada ;)

Certos amperímetros (principalmente os inclusos em multímetros), não possuem proteção para certas escalas, normalmente estas são identificadas como unfused (sem fusível, na tradução). Nestes casos, é uma idéia se conectar um fusível em série com uma corrente nominal compatível com a escala que estamos utilizando.

Como foi dito no item “Como devo utilizá-lo?”, é necessário conectar sempre o amperímetro em série ao circuito. Em certas situações, veremos que isto não é possível, como no circuito de nossa casa. Suponhamos que queremos medir a corrente de uma das fases que alimentam o circuito interno de uma residência. Infelizmente, não é possível “abrirmos” o circuito sem que haja o desligamento do mesmo. Neste tipo de situação, utilizamos o alicate amperímetro, que é um sensor de corrente que é colocado em volta do cabo que se deseja medir, e, através de um sensor com base no efeito hall, é feita a medição da corrente da linha, tanto contínua quanto alternada.
Principais Erros

O principal erro ao se utilizar um amperímetro é efetuar a medição em paralelo, não em série. O resultado disto é um curto-circuito, evidenciado pela carbonização de alguns pontos e a possível queima da proteção do equipamento ou mesmo de seu fusível. Vamos entender melhor o que acontece ao conectarmos o amperímetro em paralelo a um circuito F+N, com 127Vc.a. nominais.

A resistência interna do amperímetro, como dito anteriormente, é extremamente baixa. Como exemplo, utilizaremos o equipamento “DG 48 Alternado – Entrada 5Ac.a.”, de fabricação da KRON Instrumentos Elétricos, tal equipamento é um indicador de painel para corrente alternada de até 5Ac.a.. Conforme o catálogo técnico do fabricante, a resistência interna deste amperímetro de painel é de 0,02 ohms. Pela lei de ohm, teremos uma tensão de 127Vc.a. com uma resistência de apenas 0,02 ohms, o que nos daria absurdos 6350Ac.a. passando pelo amperímetro. Obviamente dispositivos de segurança irão atuar, seja m eles fusíveis, dispositivos internos do instrumento ou até mesmo o disjuntor do quadro da instalação em questão.

Na melhor das hipóteses, teremos apenas de substituir o fusível do equipamento. Na pior, podemos danificar não só o equipamento, mas também o circuito que estamos medindo.

 

[box_dark]Voltímetros[/box_dark]

Para que servem?

Voltímetros, como o próprio também sugere, medem VOLTS, isto é, diferença de potencial, ou tensão, como preferir. Um voltímetro também pode ser para corrente alternada ou corrente contínua.

Como devo utiizá-lo?

Um voltímetro, ao contrário do amperímetro, possui alta resistência interna, para que pouca corrente circule por ele e não ocorra alteração na resistência equivalente do circuito a ser medido. A sua conexão a um circuito é ilustrada abaixo, onde estamos medindo a queda de tensão existente em cima da lâmpada de 120 ohms.

Dicas

Assim como o amperímetro, não existe polaridade para o voltímetro quando estamos trabalhando em corrente alternada. No entanto, ao trabalharmos com corrente contínua, passamos a ter de respeitar a polaridade.

Principais erros

Ao contrário do amperímetro, onde efetuar a conexão de forma incorreta, pode ocasionar danos ao circuito e ao instrumento, conectar um voltímetro em série não acarreta nenhum tipo de dano ao instrumento ou ao circuito que está se medindo. Explica-se: conectar uma resistência altíssima em série faz com que a corrente de todo o circuito diminua, ocasionando, muito provavelmente uma interrupção de seu funcionamento. No entanto, não existe possibilidade de queima.

Multímetro

Um multímetro, como o nome indica, engloba a medição de diversas grandezas em um só aparelho.

 

Acompanhe o tutorial super bacana de como usar um amperímetro abaixo:

AGORA, VOCÊ JÁ POSSUI ALGUM CONHECIMENTO EM ELETRÔNICA E QUER SEGUIR UM TUTORIAL COMPLETO DE COMO UTILIZAR OU COMO MEDIR AS VOLTAGENS O TENSÕES UTILIZANDO PARA ISSO O ALICATE AMPERÍMETRO,

< ACOMPANHE NESTE TUTORIAL >

Termos usados na busca:

5 comentários

  1. Bom dia , Por favor estou tentando aprender eletrônica uma das dúvidas é quais componentes são nesessários tirar do circuito para medir e quais se pode medir o lugar , vou tentar adquerir um Alicate Amperimetro , favoritei a página : Valeu obrigado a Página de voçês é muito boa ,Jeová Único Deus abençõe a todos ” Amem” Tchau .

  2. tenho uma fonte comum souta e assim tem 5 fios 3 em cima e 2 em baixo os 2debaixo são da mesma cor es 3 e ver mar e pt como testa pra saber o 220 v

  3. ola amigo,minha duvida é o seguinte: para medir uma amperagem de uma bateria de carro 12v de 60ah,melhor dizendo,quanto voçe escolhe a amperagem que vai comprar,no meu caso escolhi uma de 60ah,isso a dois anos atras, com o alicate amperimetro eu consigo testar se minha bateria esta mantento o 60ah amperes deste quanto estava nova,mesmo depois de dois anos,tem como fazer isso com o amperimetro,se puder me ajudar,eu lhe agradeço muito,no video acima vi uma escala de 15ah,60ah,150ah,600ah,e so usar essa escala no amperimetro para fazer essa medição.

  4. Medi tensão com meu alicate amperímetro na escala de resistência, e deu um estalo e parou de funcionar! gostaria de saber se tem conserto, se queimou, ou se tem fusível, etc…
    Grato!

Comente

Seu email não será publicado.Os campos assinalados (*) são obrigatórios *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>